In Cinema colaborador Filme

Conheça o Cinema (em) Francês

Eu Matei Minha Mãe

Procurei algumas palavras aí para descrever o quão empolgado estou para esse post - meu primeiro, só para avisar - que acabei fugindo um pouco dos padrões formais para uma apresentação. Espero que "a primeira impressão é a que fica" não seja verdade porque, afinal, o que pensarão sobre mim?

Então, me chamo Luís Carlos e sou o novo colaborador do blog! Não é o máximo? Sou blogueiro, baiano, 18 anos não tão bem vividos assim e vou falar sobre cinema, uma das minhas paixões - assim como tantas outras artes.

E já que toquei no assunto, aproveitei o momento das primeiras impressões e resolvi falar sobre meu crush com o cinema francês (ou em francês) e sua maravilha contemporânea sobre os dramas - meu gênero favorito - e indicar três ótimos filmes para melhor conhecer essa era.

Respire (2015)

Respire filme
Conheci o Respire em uma maratona de filmes aleatórios e dei uns dois bocejos no desenrolar da trama. Já fiz uma crítica sobre ele e pus como ponto negativo a organização das ideias - excesso - e que Mélanie Laurent poderia sim ter feito melhor, mas acho que ele lida com enquadramento, cores, atuação e história de uma forma tão maravilhosa que achei que fosse digno de listagem.

Sarah é mentirosa compulsiva que se mudou há pouco tempo para a França e se aproxima de Charlie em busca de companhia em solo francês. Essa amizade é tão rapidamente construída que em tão pouco tempo seus sentimentos já não são mais os mesmos e a violência no lar de ambas as garotas reflete nesse relacionamento.

A Família Bélier (2014)

A Família Bélier
Esse é um filme maravilhoso e com toda certeza ele estaria em uma lista dos melhores filmes franceses. Chorei bastante com a história e com as versões das músicas de Michel Sardou - isso é algo importante a mencionar. 

Paula nasceu em uma família de surdos, e consequentemente mudos, e ela é porta-voz dos pais - que se fazem dependentes da garota. Ela descobre, durante atividades extracurriculares, que ela pode cantar, e sob orientação do seu professor ela corre atrás do seu sonho de se apresentar para um concurso da Radio France, em Paris, mas para isso ela precisa convencer seus pais a deixá-la ir.

Fiz crítica do filme e não encontrei nenhum ponto negativo. É um filme completo, emocionante, que eu já revi e me emocionei várias e várias vezes.


Eu Matei Minha Mãe (2010)

Eu Matei Minha Mãe
Espera aí, deixa eu organizar as ideias para falar sobre Xavier Dolan.Vamos começar com ele não é francês, ele é canadense, mas ele é do lado francês do Canadá - isso fez sentido? Xavier tem apenas 26 anos e uma lista incrível de filmes que valem muito a pena. Hello, clipe de Adele, foi dirigido por ele e Eu Matei Minha Mãe também. Neste ele também é protagonista e a razão pela qual o coloquei na lista é porque ele tem um pouco (ou talvez muito) de uma autobiografia.

Me irritei bastante com esse filme. A cada cinco minutos eu falava "nossa, que estupido", "sério? não dá mais para assistir isso aqui", "gente, por que eu estou assistindo isso?" para no fim tudo fazer sentido e eu me sentir um bobo. 

Ele é sobre aquele amor que no fundo, no fundo sabemos que temos, mas por conta da rotina nossos corações se sobrecarregaram de sentimentos ruins e nada melhor que uma boa extravasada para tomar controle novamente da situação.



Tchau e até a próxima!


Para me acompanhar é só clicar nos links:

Related Articles

10 comentários:

  1. Top! Eu sou prof de francês e obviamente adoro filmes franceses, mas meu repertório de filmes franceses legais para assistir estava meio baixo, então adorei. A família Belier ainda não vi mas sei que todo mundo adora mesmo.
    Beijos e parabéns por ser novo colaborador, senti já de cara que vou curtir seus posts :)
    Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pheww, confesso que fiquei um pouco nervoso/ansioso sobre aprovação do público da Vick. Fico muito, muito, muito contente que tenha gostado hahaha <3

      Excluir
  2. pow eu vejo filmes franceses quando posso, mas ainda não tinha visto nenhum desses. vlw pelas opiniões sinceras ^^ se eu topar com um deles, já sei o que esperar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles valem muito a pena. Acho que descrevo minha vida em relação ao cinema com pré-família-bélier e pós-família-bélier de tão bom que ele é.

      Excluir
  3. Awn, você até baixou a trilha sonora de A Família Bélier hahaha. Lembro disso aí.

    ResponderExcluir
  4. Vale mencionar que Éric Elmosnino (o ator que faz o professor de música em A Família Bélier) é o mesmo que interpretou Serge Gainsbourg no cinema. E em A Família Bélier ele ainda ta com um pouco dos trejeitos do Serge...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse elenco é um absurdo. Ótima observação.

      Excluir
  5. Olá Luís Carlos

    será um prazer ler os seus post!
    gostei muito da indicação dos filmes franceses, pois tenho costume de assistir...

    Sucesso
    Muitos Beijinhos
    www.maricotacaradericota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigado. Será um prazer ter você aqui no Daydream.

      Excluir

Deixe seu cometário ;)